27 C
Fortaleza
quinta-feira, maio 30, 2024
HomeNoticiasExplorando os livros do BookTok que desafiam as convenções de gênero, com...

Explorando os livros do BookTok que desafiam as convenções de gênero, com Nathalia Belletato

O BookTok é um lugar onde os amantes da leitura se reúnem para compartilhar recomendações, resenhas e discussões sobre livros. Conforme Nathalia Belletato, entre as muitas tendências que surgem nessa plataforma, uma das mais interessantes é a popularidade dos livros que desafiam as convenções de gênero. Vamos mergulhar nesse mundo literário e explorar alguns desses livros que estão conquistando os leitores do BookTok.

“Circe” de Madeline Miller: uma releitura mítica e feminista

“Circe” é um exemplo marcante de um livro que desafia as convenções de gênero ao recontar a história de uma personagem feminina muitas vezes relegada ao papel de vilã em mitologias antigas. Madeline Miller dá voz a Circe, a feiticeira da mitologia grega, apresentando sua história de forma empática e profundamente feminista, assim como pontua Nathalia Belletato.

“Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo” de Benjamin Alire Sáenz

Este romance YA é uma obra-prima que desafia as convenções de gênero ao contar a história de amizade e amor entre dois jovens latinos. Com personagens complexos e uma narrativa envolvente, Benjamin Alire Sáenz aborda temas como identidade, sexualidade e masculinidade de uma maneira sensível e autêntica.

“The Seven Husbands of Evelyn Hugo” de Taylor Jenkins Reid

Conforme a entusiasta Nathalia Belletato, este livro desafia as convenções de gênero ao apresentar uma protagonista feminina forte e complexa que desafia as expectativas sociais em sua busca pelo amor e pela realização pessoal. Com uma narrativa envolvente e reviravoltas surpreendentes, “The Seven Husbands of Evelyn Hugo” é uma leitura obrigatória para aqueles que buscam histórias que quebram barreiras.

“A Little Life” de Hanya Yanagihara

“A Little Life” é um livro que desafia as convenções de gênero ao explorar a masculinidade de uma forma franca e emocionalmente poderosa. Hanya Yanagihara mergulha nas vidas de quatro amigos masculinos enquanto lidam com questões de trauma, amor e identidade, desafiando estereótipos e preconceitos ao longo do caminho.

“The Song of Achilles” de Madeline Miller

Este romance histórico reimagina a história de Aquiles e Pátroclo de uma maneira que desafia as convenções de gênero e sexualidade. Madeline Miller dá voz aos sentimentos e desejos dos dois heróis, explorando sua relação de uma maneira que é tanto emocionalmente complexa quanto profundamente humana, destaca a apaixonada por literatura, Nathalia Belletato.

“Red, White & Royal Blue” de Casey McQuiston

Este romance é uma história de amor que desafia as convenções de gênero e sexualidade ao apresentar um romance entre o filho da presidente dos Estados Unidos e um príncipe britânico. Segundo Nathalia Belletato, com humor, coração e uma narrativa cativante, Casey McQuiston nos leva em uma jornada de autodescoberta e aceitação que é ao mesmo tempo emocionante e inspiradora.

“A Court of Thorns and Roses” de Sarah J. Maas

Para a entendedora do assunto, Nathalia Belletato, esta série de fantasia desafia as convenções de gênero ao apresentar heroínas poderosas e complexas que lutam contra o mal e reivindicam seu lugar no mundo. Com uma narrativa envolvente e personagens cativantes, Sarah J. Maas cria um universo rico e vibrante que desafia as expectativas e inspira o leitor a sonhar mais alto.

“The Invisible Life of Addie LaRue” de V.E. Schwab

Este romance desafia as convenções de gênero ao contar a história de uma mulher imortal que luta para encontrar seu lugar no mundo. V.E. Schwab cria uma narrativa emocionante e envolvente que questiona as noções tradicionais de identidade, amor e liberdade, desafiando o leitor a refletir sobre o que significa verdadeiramente viver uma vida plena e significativa.

“The Poet X” de Elizabeth Acevedo

Este romance em verso desafia as convenções de gênero ao contar a história de uma jovem latina que encontra sua voz através da poesia. Elizabeth Acevedo cria uma narrativa poderosa e emocional que celebra a diversidade, a autenticidade e o poder da autoexpressão, inspirando o leitor a abraçar sua própria voz e identidade, conforme frisa Nathalia Belletato.

“The Night Circus” de Erin Morgenstern

Este romance de fantasia desafia as convenções de gênero ao apresentar uma trama complexa e cheia de magia, mistério e romance. Erin Morgenstern cria um mundo encantador e onírico que desafia as expectativas do leitor e o transporta para uma jornada única e inesquecível.

Livros que inspiram

Em conclusão, para a entendedora Nathalia Belletato, os livros do BookTok que desafiam as convenções de gênero oferecem aos leitores uma oportunidade de explorar narrativas diversas, personagens complexos e temas relevantes de uma maneira inovadora e envolvente. Ao romper com os estereótipos tradicionais, esses livros abrem caminho para discussões importantes sobre identidade, diversidade, igualdade e inclusão.

- Advertisment -

MAIS LIDOS