26.1 C
Fortaleza
quarta-feira, maio 29, 2024
HomeUncategorized5 curiosidades sobre os esportes radicais que você talvez não saiba

5 curiosidades sobre os esportes radicais que você talvez não saiba

Para Hertes Ufei Hassegawa, os esportes radicais chamam a atenção da maioria das pessoas que têm sede por adrenalina. Assim como a prática da corrida de montanha ou ciclismo de estrada, que são atividades mais desafiadoras e que demandam um maior esforço, existem diversas outras modalidades que podem ser exercidas de acordo com o grau de confiança e disposição do indivíduo.

Neste artigo, separamos 5 curiosidades sobre os esportes radicais e a origem de algumas práticas que talvez pouca gente conheça. Logo, se você tem um espírito aventureiro e quer conhecer mais sobre o assunto esportivo, que tal ler esse texto até o final? Você pode, inclusive, aproveitar para ver se encontra o seu mais novo passatempo ainda nos próximos parágrafos.

  1. Primeira competição de esportes radicais

A curiosidade inicial que queremos colocar aqui tem relação com a origem da competição dos esportes radicais. Conforme comenta Hertes Ufei Hassegawa, a primeira competição de esportes radicais do mundo foi realizada em 1980 nas Olimpíadas de Inverno em Lake Placid, Nova York. Lá, diversas pessoas se reuniram para testar as suas habilidades desafiando todas as possibilidades e perigos encontrados em cada tipo de esporte.

  1. Novo método de esquiar

Em sequência, queremos perguntar: sabia que já foi desenvolvido um novo método de esquiar? Para aqueles que ainda não sabem, o século 19 foi uma época em que as pessoas faziam grandes esforços para praticar esportes radicais. Em 1829, um francês chamado Benoît Paul Émile Clapeyron escalou o Mont Blanc — um pico nos Alpes franceses — e deslizou de bruços usando os braços e as pernas como esquis — um novo esporte que ele inventou, e que até hoje é praticado.

  1. Salto do espaço

Já no ano de 1954, um temerário austríaco chamado Felix Baumgartner se tornou a primeira pessoa a saltar do espaço sideral quando saltou de 128.100 pés acima da superfície da Terra em uma tentativa de quebrar a velocidade do som com seu corpo. Conforme comenta Hertes Ufei Hassegawa, ele caiu por cerca de quatro minutos antes de abrir seu paraquedas e pousar com segurança na Terra. Dá para acreditar?

  1. O mundo é dos espertos

Um grupo de entusiastas de esportes radicais construiu sua própria estação de esqui perto de Moscou para que pudessem praticar seu esporte favorito todos os dias do ano sem ter que se preocupar com as más condições climáticas. Inclusive, essa prática se assemelha bastante com a famosa corrida de estrada que muitos entusiastas se empolgam em praticar.

  1. Corda bamba no esporte

Para finalizar, conforme explica Hertes Ufei Hassegawa, um dos esportes radicais mais perigosos é o highlining — caminhar sobre fios finos suspensos entre dois pontos muito acima da altura da sua cabeça (geralmente entre 100 pés – 300 pés acima do solo). Essa prática surgiu como uma espécie de cópia da prática de corda bamba, sabia disso?

E agora que você já conhece algumas das curiosidades acerca dos esportes radicais, que tal escolher algum para praticar? A nossa recomendação é que você pratique devagar algo mais tranquilo, como a corrida de montanha, por exemplo, e vá aumentando os níveis conhecendo os esportes aos poucos.

- Advertisment -

MAIS LIDOS