27 C
Fortaleza
quinta-feira, maio 30, 2024
HomeBrasilBrasil pode chegar a 4,2 milhões de casos de dengue em 2024,...

Brasil pode chegar a 4,2 milhões de casos de dengue em 2024, diz Ministério da Saúde

Os casos de dengue no Brasil podem atingir um número recorde em 2024 e chegar a 4,2 milhões, segundo informou nesta ultima sexta-feira (9) a secretária de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Ethel Maciel. No ano passado, foram 1,6 milhão.

Contexto: Até agora, o país já registrou mais de 395 mil casos (prováveis e confirmados) de dengue, com 53 mortes confirmadas. No mesmo período de 2023, haviam sido registrados pouco mais de 93 mil casos.

A estimativa do Ministério da Saúde é que a gente chegue a 4,2 milhões de casos. Nós nunca chegamos a esse número. Por isso, a preocupação e também pela pressão que isso pode acontecer no serviço de saúde.
— Ethel Maciel, secretária de Vigilância em Saúde

A campanha de vacinação no Sistema Único de Saúde (SUS) começou nesta sexta pelo Distrito Federal, que apresenta a maior incidência de casos no país.

Segundo a secretária, até o final de março, serão cobertas todas as 521 cidades selecionadas para essa primeira etapa.

Nós estamos vendo uma antecipação dos casos que nós ainda não tínhamos visto nas últimas epidemias de dengue. Em geral, há um crescimento de casos no final de março e começo de abril. Nós começamos a ver o crescimento dos casos [neste ano] já em janeiro.
— Ethel Maciel
Ela explicou que uma preocupação na hora de definir os critérios de prioridade dos municípios que receberão mais doses foi, além da população acima de 100 mil habitantes, a circulação maior do sorotipo 2, que pode causar um tipo mais grave da doença.

No primeiro lote de vacinas, serão distribuídas 752.184 doses.

Além do DF, o primeiro lote será entregue a nove estados:

Goiás
Bahia
Acre
Paraíba
Rio Grande do Norte
Mato Grosso do Sul
Amazonas
São Paulo
Maranhão
A representante do Ministério da Saúde afirmou ainda que “o perfil do mosquito também mudou, com circulação ao longo de todo o dia, e não apenas no começo da manhã e fim da tarde como tradicionalmente acontece”.

Crianças terão prioridade

O Brasil é o primeiro país no mundo a oferecer o imunizante na rede pública, mas enfrenta o desafio da baixa quantidade de doses. Por isso, o governo teve que estabelecer critérios de priorização de público-alvo e municípios que receberiam as doses da vacina.

O primeiro grupo a receber a vacina serão crianças de 10 a 11 anos. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacinação vai avançar progressivamente nas faixas etárias, conforme os novos lotes forem entregues pela fabricante.

Ainda de acordo com a pasta, a “escolha pelo início da imunização nas crianças de 10 a 11 anos também é baseada no maior índice de hospitalização por dengue dentro da faixa etária de 10 a 14 anos”.

- Advertisment -

MAIS LIDOS